Gerais

Hospital do Bem alerta população masculina na faixa para a necessidade de exames preventivos do câncer de próstata

O Diretor Geral do Complexo Hospitalar, Francisco Guedes, explicou que, assim como toda mulher precisa fazer exames anuais para a detecção precoce do Câncer de Mama, o homem também deve ter o mesmo cuidado para o Câncer de Próstata

ÓTICAS GUIMARÃES

Novembro chegou e uma das lembranças mais fortes da população quando chega esse mês é a campanha Novembro Azul, que tem o objetivo de alertar as pessoas para a prevenção do Câncer de Próstata. A ação, que ocorre em toda rede de saúde no Brasil, também acontece no Hospital do Bem, que integra o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro (CHRDJC), em Patos. O Câncer de Próstata, tipo mais comum entre os homens, é a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. Na unidade hospitalar, referência no tratamento de Câncer no sertão paraibano, o público masculino pode fazer todos os exames preventivos.

       Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), no Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata. A campanha Novembro Azul tem como objetivo conscientizar sobre o Câncer de Próstata e também sobre os cuidados em geral com a saúde dos homens. A única forma de garantir a cura desse e de outros tipos de câncer é o diagnóstico precoce. Assim, mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores, devem ir ao urologista para avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulo lá e realizar o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico).

     O Diretor Geral do Complexo Hospitalar, Francisco Guedes, explicou que, assim como toda mulher precisa fazer exames anuais para a detecção precoce do Câncer de Mama, o homem também deve ter o mesmo cuidado para o Câncer de Próstata, afinal, o câncer tem cura. “É preciso ter vigilância ativa para o caso de detecção precoce e tratamento preciso para o estadiamento da doença. Além disso, é preciso que os pacientes façam todos os exames que o médico solicitar. Poucos pacientes com Câncer de Próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal. Outros exames poderão ser solicitados como biópsias, por exemplo. A periodicidade dos exames ainda é o melhor caminho da cura”, alertou o diretor.

Assessoria


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo