Hospital de Patos registra 89 atendimentos realizados na Urgência e Emergência da unidade só no sábado (28)



O Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC) teve um plantão movimentado entre às 18h do dia 27 de novembro até a meia noite do domingo (29). Neste período, a unidade que integra a rede estadual de saúde, atendeu 188 pacientes e realizou 20 cirurgias, sendo nove procedimentos de emergência e 11 cirurgias eletivas.

O dia de maior movimento foi o sábado (28), quando 89 atendimentos foram realizados na Urgência e Emergência da unidade, seguido do plantão do dia 29, quando foram atendidos 76 pessoas. Os acidentes de trânsito vitimaram 38 pessoas, das quais 36 envolveram vítimas de motocicletas.

No último final de semana os atendimentos/dia da unidade ficaram abaixo da média cotidiana que gira em torno de 100 pacientes.

Na emergência, além dos casos envolvendo os acidentados com motos, os demais principais motivos dos atendimentos da unidade neste final de semana foram de pacientes com dor abdominal, queda da própria altura, sintomas de síndrome gripal, dor de cabeça, dificuldade de respirar, queda de nível, acidentes perfuro cortante, contusões diversas, dor na coluna, reação alérgica, entre outros motivos.

Dos pacientes atendidos por acidentes de trânsito, 36 foram com motos, um com automóvel e outro um atropelamento. Das 20 cirurgias realizadas, oito foram de oncologia, cinco de cirurgia geral, três de ortopedia e duas vascular.

A maior demanda de acidentados foi oriunda da cidade de Patos, com 14 casos no total, seguida de Água Branca, Cacimbas, Malta e São José de Espinharas, com três casos cada um destes municípios. Das cidades de Juru, Matureia e São Bento foram encaminhados dois pacientes de cada localidade.

O Hospital atendeu ainda pessoas das cidades de Brejo dos Santos, Cacimba de Areia, Nova Olinda, Santa Luzia e Vista Serrana, sendo um paciente de cada uma destas localidades.UTI Covid quase lotadaO diretor geral do Complexo, Francisco Guedes, avaliou o plantão do final de semana como dentro dos padrões médios de atendimento da unidade, mas faz um alerta sobre o aumento da ocupação dos leitos de Covid da unidade, especialmente, na UTI do isolamento.

“Nesta segunda-feira estamos com 18, dos 20 leitos de UTI Covid ocupados e mais oito leitos da enfermaria clínica Covid com pacientes. Mais uma vez fazemos um alerta a população para não relaxar nas medidas preventivas, pois ainda não temos vacina e a única forma de evitar a ampliação do contágio é mantendo a rotina de cuidados de higienização das mãos, do uso da máscaras e, sobretudo, evitar aglomerações. O tempo não é de festas e comemorações, mas de cautela e prevenção”, reforçou Francisco.

Assessoria