Policial

Homem que atirou na filha em São Bentinho não corre risco de morte. Ele será ouvido no Hospital

A Polícia Civil da cidade de Pombal confirmou na manhã desta segunda-feira (23) que o pai da criança de dois anos morta neste domingo (22) na cidade de São Bentinho, Sertão da Paraíba, foi o autor do disparo. Segundo informações levantadas pela polícia, o homem estava embriagado e, após atirar na filha, atirou contra si mesmo.

Ele foi socorrido e levado para o Hospital Regional de Pombal e, de acordo com informações repassadas pela unidade de saúde, não corre risco de morte e nenhum parente foi visitá-lo. O homem está sendo acompanhado por um policial militar no leito e será ouvido pelo delegado no próprio hospital.

A criança chegou a ser socorrida e levada para o Hospital Infantil Noaldo Leite, em Patos, e conduzida para o centro cirúrgico, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Patos e já foi retirado pela família.

De acordo com o agente da Polícia Civil Luciano Bonaparte, no local do crime o suspeito disse aos policiais que atirou na criança porque sua ex-esposa e mãe da criança, em uma conversa por telefone, falou que ele não era o pai da menina. Ele morava sozinho com a filha há pouco mais de dois meses depois que a ex-esposa se mudou para a cidade de São Paulo.

 

Do G1/PB

 

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close