Homem morre após ser atingido na cabeça por um tiro na zona rural de Santa Luzia



Manoel Severino da Silva, vulgo “Mané Bisoco”, que residia à Rua Arlindo Bento, vulgarmente conhecida como “Rabo da Gata”, morreu vítima de um tiro na cabeça na noite desse último sábado, dia 25 de outubro de 2009.

O acusado do crime é Sebastião Francisco dos Santos, vulgo “Tião de João Chico”, residente à Rua Louro Paulo no bairro São José, também em Santa Luzia.

De acordo com informações levantadas por Anchieta Lima, vítima e acusado participavam de um festa na comunidade rural Saco dos Moises, precisamente no Bar de Lourdes, quando de repente, uma confusão envolvendo o acusado e outras pessoas se iniciou.

Num dado momento da confusão, o acusado sacou de uma arma, um revólver calibre 38 e efetuou 3 disparos, dos quais, um acabou acertando a cabeça da vítima que nada tinha a ver com a confusão.

“Mané Bisoco”, como era conhecido, ainda foi socorrido mas não resistiu e morreu a caminho de Campina Grande-PB.

O acusado, Sebastião Francisco dos Santos, “Tião de João Chico”, evadiu-se do local após o crime e a polícia ainda não tem pistas sobre o seu paradeiro.

Henrique Melo com informações de Anchieta Lima para a Rede Sertão PB