Homem é preso em Patos por estelionato



O COPON da PM de Patos recebeu no finalzinho da manhã desta quarta-feira (31) um telefonema de uma pessoa que não quis se identificar, dando conta que no conjunto Noé Trajano havia uma pessoa com atitudes suspeitas perambulando pelo local.

Uma viatura comandada pelo sargento Jota Carlos foi enviada imediatamente ao bairro. Chegando lá os policiais já de posse das características do suspeito, conseguiram localizá-lo e posteriormente interceptá-lo.

Inicialmente o rapaz se identificou como sendo Luis Lira Dias Segundo. Porém para surpresa dos policiais foi descoberto que a identidade apresentada por ele era falsa. Conforme informações do próprio acusado, o documento teria sido comprado em Brasília.

Ele disse à polícia que é natural de Pombal, porém reside na Capital Federal e havia deixado o Distrito com destino a sua terra natal, para "passear" e tentar conseguir levar consigo uma "uma mulher de volta" que ele não a identificou.

Ao ser conduzido a DP para dar explicações ao delegado plantonista, as autoridades tiveram mais uma surpresa. Foi descoberto que Mauro César Dias (esse é a sua verdadeira identificação) já responde por homicídio e tráfico de droga no Distrito Federal.

Mário Frade/PortalPatos