Homem é encontrado morto na manhã de hoje em Santa Luzia-PB



Foi encontrado no inicio da manhã de hoje, dia 28 de fevereiro de 2013, por trás do baldo do Açude José Américo (principal açude que abastece a cidade), precisamente próximo a um local conhecido como pedra do Biscoito, sangria do açude, o corpo do senhor identificado como sendo Damião José Vicente, de 41 anos.

Inicialmente, e aparentemente, ele foi morto por pedradas. Somente depois de exames realizado pelo Instituto de Policia Cientifica, é que irá realmente, de fato, constatar outro tipo ou não de lesão, e caso exista, qual?

Pelo que foi levantado por nossa equipe, no local onde o corpo foi encontrado, ele morava na Rua José Jaime dos Santos, Bairro Frei Damião (as margens da BR 230 – Saída para Campina Grande), em Santa Luzia-PB.

"vitima"Pelas marcas encontradas no local, o corpo foi arrastado por cerca de 10 metros. Faziam 4 anos que ele era separado de sua primeira esposa, com a qual, deixou 4 filhos, 3 menores, e um já maior de idade, que inclusive, esse filho maior de idade, já tem um filho.

Damião José Vicente, deixa quatro filhos e um neto. Ele atualmente vivia com outra mulher.

De acordo com relatos de populares, pessoas que inclusive foram vizinhas dele em outro bairro onde o mesmo residiu, e de outras pessoas que são vizinhas dele atualmente, relataram que o mesmo não tinha nenhum envolvimento com nada de ilícito, apenas, que bebia muito.

Uma das frases que ouvimos no local, é que o mesmo só fazia mal a si mesmo pela bebida que ingeria.

Estavam no local, tanto sua ex esposa (mãe de seus 4 filhos),a senhora Eliana Cristina dos Santos, bem como, a sua atual esposa, a senhora Maria do Carmo.

Também estavam no local outros familiares da vítima, como uma irmã e seu filho.

O Rabecão e a equipe da Polícia Cientifica já está na cidade para remoção do corpo.

A Polícia Militar de Santa Luzia-PB estava no local, fez toda a interdição da área para  preservação de pistas e o corpo será levado para o IML de Patos-PB onde será necropsiado.

 

Henrique Melo – Rede Sertão PB