Locais

Homem diz que solicitou Samu para mãe doente em Patos e teria ouvido do médico: “Vá de Táxi”. Diretora disse que vai averiguar. Veja o vídeo

A coordenadora do SAMU disse que vai puxar a gravação e verificar a conduto do médico

A redação da Rádio Espinharas FM, 97.9 recebeu na manhã desta segunda-feira, 17 de maio, a presença do senhor Ruberlâdio Ferreira. O motivo da visita do mesmo a emissora foi para denunciar que teria sido tratado com desrespeito por um médico que estaria de plantão na manhã deste domingo (16) no Serviço de Atendimento Médico de Urgência – SAMU de Patos.

O denunciante contou que ao ser entendido pelo referido profissional e relatar os sintomas da mãe, teria ouvido mesmo a seguinte resposta: “O Samu não é taxi”. O cidadão teria ficado indignado, afirmando que se sentiu desrespeitado.

Ainda no domingo, ele teria arrumado um carro e levado a mãe para a UPA, onde a mesma foi medicada em enviada para casa.

Na manhã desta segunda (17), ele resolveu procurar a imprensa e denunciar o caso.

Veja o vídeo com a denúncia abaixo:

O Patosonline.com entrou em contato com a coordenador de comunicação da Prefeitura de Patos, que fez contato com a coordenadora do SAMU. Segundo ela (coordenadora), vai puxar a gravação e verificar a conduto do médico.

Patosonline.com

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close