Hemonúcleo de Patos responde a questionamentos da população e repassa contato para agendamento das doações. Ouça



Após matéria veiculada no site de notícias Patosonline.com, sobre a dificuldade que o Hemonúcleo de Patos está enfrentando em razão da escassez de sangue no estoque, a diretora do referido serviço, Fernanda Lucena, procurou o jornalista Misael Nóbrega que repassou a nossa reportagem um áudio esclarecendo alguns questionamentos e comentários deixados na matéria.

Fernanda explicou que o Hemonúcleo de Patos está trabalhando com agendamento, justamente para evitar aglomeração de doadores, sobretudo neste período crítico da pandemia.

Ou seja, as pessoas que desejam contribuir com as doações devem passar por um controle que define uma quantidade de doações diárias.

Aproveitando o ensejo, a assistente social esclareceu sobre o episódio de um grupo de pessoas do município de Maturéia, que ao realizar uma reposição de sangue para um conterrâneo que estava precisando, acabou acarretando a presença numerosa de pessoas. Porém, ela garantiu que foi um evento excepcional, e que não costuma haver aglomeração de pessoas no local, mas sim um controle por meio de agendamento.

Neste sentido, Fernanda disse que houve uma redução de cadeiras no corredor de espera e ainda na sala de coleta, que está funcionando apenas com duas cadeiras especiais. O objetivo dessa organização é evitar qualquer risco de contágio para doadores e familiares.

Ainda segundo ela, as cadeiras são constantemente higienizadas e sempre está disponível o álcool em gel nas dependências do Hemonúcleo.

O número de contato para o agendamento das doações é (83) 3423-2180.

Ouça mais detalhes no áudio que segue.

Matéria por Patosonline.com