“Governo Bolsonaro cortou 56% dos recursos da assistência social”, diz Edjane Araújo durante entrevista em Patos



A secretária de Desenvolvimento Social do Município de Patos, Edjane Araújo, foi a entrevistada na noite desta terça-feira, dia 29, no Programa Polêmica, levado ao ar pela Rádio Espinharas 97,9. A secretária discutiu vários temas relativos a pasta e sua demanda social cada vez maior.

Wânia Nóbrega, radialista e jornalista, fez a condução da entrevista e interagiu com temas complexos. Falando sobre a problemática da assistência social, a secretária Edjane Araújo relatou que o Governo Federal ampliou o leque de responsabilidade da secretaria, porém, fez um grave corte nos recursos.

A Secretaria de Desenvolvimento Social fez saber que a pasta responde por áreas como problemas sociais enormes, tais como políticas públicas para drogas, cultura e a própria questão da assistência social. “Governo Bolsonaro cortou 56% dos recursos da assistência social”, disparou Edjane se queixando que com os cortes houve um prejuízo considerado nos serviços prestados.

Para Edjane, mesmo com os cortes profundos, a demanda continua alta diante da pobreza, da miséria e do desemprego que assola o Brasil. A secretária disse que vem fazendo esforços para manter serviços, pois existem recursos em atraso desde 2017 que deveriam chegar ao Município de Patos.

A Secretaria de Desenvolvimento Social faz a política de assistência social em vários níveis e os programas mais conhecidos são o Bolsa Família, Bolsa Escola, Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), Aluguel Social, assistência a crianças e adolescentes, Centro Pop, gestantes, núcleos de apoio a famílias em vulnerabilidade social e etc. Com a debilidade causada pela falta de recursos na pasta em nível nacional, os casos de pedintes, fome e dramas sociais gritantes estão mais visíveis.    

Perguntada sobre interferências por parte da gestão Municipal, Edjane negou divergências com o prefeito interino Ivanes Lacerda (MDB) e disse que existe uma boa relação com o atual gestor. Ela fez elogios aos secretários de Saúde e Educação diante dos esforços realizados para cadastros que colaboram com o Sistema Único de Assistência Social (SUAS).


Jozivan Antero – Patosonline.com

error0
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com