BrasilPolitica

Governador do DF, Ibaneis Rocha, exonera Secretário de Segurança, Anderson Torres, após invasão em Brasília

Manifestantes invadiram o Congresso Nacional, STF e Planalto neste domingo, 8, e pedem a saída do presidente Luiz Inácio Lula da Silva

ÓTICAS GUIMARÃES

O governador do Distrito FederalIbaneis Rocha, mandou exonerar o Secretário de Segurança e ex-ministro da Justiça, Anderson Torres, neste domingo, 8, após a invasão de manifestantes ao Congresso Nacional, Supremo Tribunal Federal e Planalto (STF). Os participantes pedem a renúncia do presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT).

Após a invasão dos manifestantes, o então Secretário de Segurança, havia declarado em sua conta no Twitter que os “criminosos não sairão impunes”. “Cenas lamentáveis agora na Esplanada dos Ministérios. Determinei ao setor de operações da SSPDF, providências imediatas para o restabelecimento da ordem no centro de Brasília”, escreveu, acrescentando que “é inconcebível a desordem e inaceitável o desrespeito às instituições. Determinei que todo efetivo da PM e da Polícia Civil atue, firmemente, para que se restabeleça a ordem com a máxima urgência. Vandalismo e depredação serão combatidos com os rigores da lei”.

Imagens e vídeos divulgados nas redes sociais mostram os manifestantes escalando o prédio do Congresso Nacional, invadindo o Planalto e tomando conta o do STF. Atos de vandalismo foram registrados no interior do Planalto. Gavetas foram reviradas, vidros quebrados e o STF todo depredado.

Fonte: Jovem Pan


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo