Esportes

Giroud desencanta, França toma susto, mas vence a Austrália para afastar zica e sair na frente na Copa do Mundo

ÓTICAS GUIMARÃES

Na tarde desta terça-feira (22), França fechou o dia 3 de Copa do Mundo enfrentando a Austrália no Estádio Al Janoub pela 1ª rodada do grupo D. Depois de um susto, os franceses conseguiram uma sonora goleada por 4 a 1 para largar na frente na chave.

O início foi com susto para Les Bleus. Aos 8 minutos, Leckie passou por Hernández na direita, cruzou na medida na área, e Goodwin chegou voando para empurrar para as redes.

O time francês, então, partiu para cima e, depois de muita insistência, conseguiu a virada em cinco minutos. Aos 26, Theo Hernández, que entrou em campo por conta da lesão do irmão, cruzou na área, e Rabiot cabeceou para as redes.

Pouco depois, Rabiot tomou a bola no meio, trocou passes com Mbappé e rolou no meio da área para Giroud, que só teve o trabalho de tocar para o gol livre.

Nos acréscimos da primeira etapa, Mbappé e Irvine ainda tiveram chances de mover o placar, mas perderam chances incríveis na cara do gol.

No segundo tempo, pouco depois de Griezmann perder chance na cara, Dembélé pegou sobra de chute errado de Mbappé para cruzar na área, e o camisa 10 cabecear para as redes.

Pouco depois, Mbappé fez linda jogada até a linha de fundo, cruzou na área, e Giroud apareceu para cabecear para o fundo das redes.

Situação do campeonato

Com o resultado, a França lidera o grupo D de forma isolada. Dinamarca e Tunísia ficam logo atrás com 1 ponto, enquanto a Austrália fica em último, zerada.

Centroavante recordista

Giroud, que não tinha finalizado uma vez sequer na última Copa, marcou dois gols na virada francesa e chegou a 51 com a França. Agora, ele se iguala a Henry como o maior artilheiro da história do país.

Sai pra lá, zica!

Nas últimas semanas, você já deve ter lido da ‘maldição dos campeões da Europa’ na Copa do Mundo, com todos os campeões vindos do Velho Continente desde 1998 são eliminados na fase de grupos. Além disso, todos esses times não venceram na estreia, com a única seleção escapando de derrota sendo a Itália em 2010 (1 a 1 contra o Paraguai).

Nesta terça, a França flertou com a estatística negativa, mas conseguiu vencer de virada a Austrália para iniciar bem a campanha e poder tentar dar fim a maldição.

Mais um lesionado

Depois de perder Maignan, Kanté e Pogba antes da convocação, Kimpembe, Nkunku e Benzema durante a preparação, a França volta a sofrer com lesões. No lance do gol, o lateral Lucas Hernández sentiu problemas no joelho e teve que deixar o campo carregado.

Para piorar, o camisa 21 vive com um histórico de problemas no departamento médico. Desde a última Copa, Hernández teve 15 problemas físicos que o fizeram perder partidas por clubes ou seleção.

Fonte: ESPN


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo