Gilvan Freire diz que vai para o PMDB e terá em Patos o apoio de Chica Mota e Nabor



Novidade nos bastidores da política paraibana. O ex-deputado federal Gilvan Freire, um dos mais entusiastas defensores da candidatura do prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho, ao governo do Estado desembarca hoje desse projeto.


Ontem, em Brasília, ele fechou questão em torno da possibilidade do prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital, vir a ser o Plano B na sucessão. Ele fez o comunicado a alguns lideres do grupo Cunha Lima.


– Cansei de desatenção, mas não me arrependo dos três anos dedicados ao projeto Ricardo – declarou o ex-deputado, que se almoçou ontem, no restaurante Piantela, em Brasília, com o deputado federal Vital Filho e o prefeito Veneziano. Momentos depois, esteve com Rômulo Gouveia e, por telefone, fez o comunicado de afastamento do projeto Ricardo ao ex-governador Cássio Cunha Lima, bem como ao senador Cícero Lucena.


Gilvan Freire admitiu que deve se reunir nesta sexta-feira com Ricardo Coutinho, entretanto, disse  que a decisão de se afastar de Ricardo está tomada.


O ex-deputado disse ainda que será candidato a deputado federal com apoio/dobradinha da deputada estadual Francisca Mota e do prefeito Naborzinho e deve se engajar num processo de gestação política de Veneziano como alternativa ao Governo.


Para ele, o prefeito campinense reúne as condições de rivalizar fortemente com Ricardo Coutinho ou outro candidato com chances de crescimento e vitória.


Wscom