Regional

Gestores de saúde se reúnem em Patos e discutem extensa pauta de serviços

ÓTICAS GUIMARÃES

A Comissão Intergestores Regional do Sertão (CIRs) realizou nesta quinta-feira 21 a primeira reunião ordinária presencial desde o início da pandemia do coronavirus, há quase dois anos, seguindo todos os protocolos sanitários. Uma extensa pauta foi discutida pelos gestores municipais, encontro este ocorrido no auditório da 6ª Gerência de Saúde, da qual participaram representantes do Complexo Hospitalar Regional de Patos, Maternidade Dr. Peregrino Filho, Hospital Sinhá Carneiro de Santa Luzia, Ministério Público Federal, Cosems (Conselho de Secretarias Municipais de Saúde), dentre outros.

Após a recepção e abertura do encontro pela gerente, Liliane Sena, e equipe técnica, o diretor geral do Complexo Hospitalar de Patos, Francisco Guedes, destacou o Hospital do Bem, sua oferta de serviços oncólogicos e fluxos de atendimento. Na sequência o assusnto tratado foi assistência ao parto, por representantes da Maternidade Dr. Peregrino Filho.

Liliane Sena ressaltou a importância da retomada presencial da CIR, composta pelos 24 municípios da região de Patos, cujos gestores de saúde são responsáveis pela deliberação pertinente sobre os serviços, recursos financeiros, pactuações entre entre as unidades e a condução das políticas de saúde sob financiamento do SUS.

Liliane Sena falou sobre os principais assuntos discutidos, apontando o Programa Continuar Cuidando a Educação, com a pesquisa, inquérito do teste sorológico (Swab) em algumas escolas da região; Caravana da Rede Cuidar, antes denominada Caravana do Coração, que acontecerá na regão no dia 29 de novembro, com atendimentos a crianças com suspeita ou confirmação de cardiopatias, inclusão de serviços ortopédicos para o público infantil e atendimento de alto risco às gestantes de alto risco e cadastro estadual da pessoas com deficiência.

“Nessa reunião também aprovamos alguns pleitos, como o projeto de ampliação da rede de urgência e emergência, com implantação de uma unidade de suporte básico (UBS) e o de implantação de equipe multiprofissional de atenção especializada em saúde mental tipo 1no município de Várzea”, acrescentou.

Assessoria

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios