Gerais

Gerson e Flamengo: da desconfiança à consagração

O Flamengo vai se desfazer de um dos seus craques mais importantes. Gerson, que atua no meio campo de forma ofensiva, foi vendido para o clube francês Olympique de Marseille. Com isso, o rubro-negro vai precisar estudar com atenção a peça que irá substituí-lo sem grandes alterações na estrutura de jogo.

Em geral, com bons resultados nas partidas pelo campeonato brasileiro, a equipe do Flamengo tem demonstrado segurança e bom entrosamento em campo. A saída de uma peça importante, como o Gerson, pode abalar o rendimento do time. No site de apostas esportivas, Betway, o Flamengo se encontra sempre entre os prediletos nos campeonatos nacionais, e notícias como essa, além da derrota na partida contra o Bragantino, geram atenção e expectativas. Veja porque a Betway é legal para acompanhar e se atualizar nos resultados dos principais campeonatos.

Em coletiva, após a derrota para o Bragantino, o treinador Rogério Ceni falou sobre a dificuldade que terá para ocupar o lugar do meia: “É difícil. Para substituí-lo dentro das características nós não temos. Poucos têm essa característica de jogar de costas, pisar na bola, se virar contra um e dois adversários e construir jogo, ter a saúde e a parte física que ele tem, principalmente na construção do jogo. Mas temos algumas alternativas…”.

A saída do jogador ficou acertada em 25 milhões de euros ,o equivalente a 154 milhões de reais, e o Flamengo ainda pode lucrar com mais de 30 milhões de euros, a depender do desempenho do Gerson. Com todo esse dinheiro, não será difícil para a equipe técnica buscar um nome fora do seu elenco, o que pode facilitar para o técnico Ceni.

Ainda assim, Rogério estuda a possibilidade de adequar algum jogador da equipe atual. “Temos o João [Gomes], que todos conhecem, o Hugo [Moura], o Arão para voltar, temos o Thiago Maia… Vamos ter que testar algumas alternativas. No momento, com jogo de três em três dias não dá tempo de testar, a não ser o time que vai iniciar a partida. Então, com o tempo vamos tentar descobrir. Jogar da mesma maneira que ele joga é impossível, mas vamos tentar uma alternativa que nos dê condição de seguir o trabalho”.

Vale ressaltar, que nem sempre Gerson foi olhado com bons olhos. Quando chegou no Flamengo, em 2019, o jogador que foi descoberto pela categoria de base do Fluminense, não tinha boa fama e isso acabou gerando desconfiança sobre seu trabalho. Porém, ao viver a experiência de jogar em Roma, sua forma de atuar e se posicionar profissionalmente mudou consideravelmente.

Não demorou muito para o meia cair nas graças da torcida rubro-negra. Com um futebol inquestionável, Gerson foi fundamental nas últimas conquistas do clube. O camisa 8 conquistou pelo Flamengo um total de oito títulos em pouco mais de dois anos: Libertadores (2019), Brasileiro (2019 e 2020), Supercopa do Brasil (2020 e 2021), Recopa Sul-Americana (2020) e Carioca (2020 e 2021). Em tão pouco tempo, é um currículo de fazer inveja a qualquer jogador profissional.

O clube francês, confirma a contratação do atleta brasileiro por cinco temporadas. Ao que tudo indica, Gerson não é o único interesse do Olympique de Marseille. Longoria também se interessou por Guendouzi para reforçar a meia e o clube está negociando com a Fiorentina a transferência de Pol Lirola. 

A torcida flamenguista tem lamentado bastante a saída do meia-campista, nas redes sociais. E já sentem o impacto que a ausência do jogador pode gerar em campo. A próxima partida do Flamengo está marcada para próxima quarta-feira, 22 de junho de 2021, contra a equipe do Fortaleza.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo