Garis podem paralisar atividades e fim de ano deve ser de lixo nas ruas da cidade de Patos



Radamés Cândido, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Limpeza Urbana do Estado da Paraíba (SINDLIMP-PB), o Sindicato dos Garis, relatou na manhã desta segunda-feira, dia 30, que a categoria poderá paralisar todas as atividades a partir de amanhã, terça-feira, dia 31 de dezembro.

De acordo com Radamés, os trabalhadores estão revoltados com o não pagamento da cesta básica da categoria que deveria ter sido paga deste o dia 25 de dezembro de 2019. Os garis esperaram até o dia 30, porém, nada foi esclarecido por parte da empresa Conserv, que presta serviços de varrição e coleta de lixo à Prefeitura de Patos.

“Lamentável essa situação na cidade de Patos. A Prefeitura não se entende com a empresa e quem sofre são os trabalhadores. Os trabalhadores vão ficar sem fazer a feita do final de ano e de mês…vão ficar sem levar o alimento para casa. Não fizemos a paralisação esperando que a empresa pagasse, mas agora não dá mais e a culpa será da empresa e da prefeitura”, revelou Radamés.

A reportagem do Patosonline.com fez contato com a empresa Conserv que alegou falta de pagamento de parcela por parte da Prefeitura Municipal de Patos. “A Prefeitura ficou de pagar na quinta-feira (dia 02 de janeiro de 2020) ”, relatou o diretor da Conserv.


Jozivan Antero – Patosonline.com