Games podem ganhar mais atenção da Apple com o MacBook Pro em 2021



O lançamento do chip M1 da Apple foi uma das maiores novidades em 2020, e que se mostrou bastante eficiente. Entretanto, para os fãs de games, o MacBook Pro com o chip da Intel, e que possui placa de vídeo dedicada, continua sendo superior ao lançamento mais recente da Apple. Para mudar isso, a empresa norte-americana promete trazer mudanças significativas na placa de vídeo do MacBook. Uma novidade que promete chamar atenção dos gamers neste ano.

Desde que chegou ao mercado, no final do ano passado, os novos modelos de Macs com processador M1 fizeram um grande sucesso. A integração com os diferentes dispositivos, desde o Air até o Pro, foi uma característica que chamou a atenção das pessoas. Além disso, o desempenho e a leveza dos notebooks se mostraram inovadores, e os fãs da Apple não ficaram com qualquer saudade dos Macs com processadores feitos pela Intel.

Contudo, a Apple ainda precisa trabalhar melhor alguns nichos, principalmente se olharmos para os gamers. Apesar de o processador M1 ter um excelente desempenho, o MacBook Pro 16, que possui o chip da Intel e a placa de vídeo AMD Radeon 5600M, continua sendo o notebook mais indicado para quem é fã dos jogos eletrônicos. A ideia da gigante norte-americana é mudar isso com algumas novidades ainda este ano.

Os rumores indicam que, nos próximos meses, a nova edição do MacBook Pro deve chegar com grandes mudanças quanto a placa de vídeo. Os especialistas indicam que existem dois caminhos que a Apple pode seguir em 2021. O primeiro é criar uma placa de vídeo dedicada que tenha um excelente rendimento nos games, principalmente em conjunto com o chip M1. O segundo caminho é continuar a parceria com a AMD, e integrar o equipamento com os novos processadores dos Macs, fazendo com que o novo notebook supere o Pro 16.

De olhonos gamers

A atenção da Apple com os jogos eletrônicos é uma resposta esperada ao crescimento constante desse mercado. Segundo pesquisas recentes da Newzoo, o segmento dos games movimentou mais de US$ 1,75 bilhão durante o ano passado. Isso significa um aumento de 10% nas receitas, se comparamos com o lucro obtido em 2019. É um crescimento significativo de uma área consolidada, e que ganha mais potencial todo o ano.

Este setor vem crescendo de diferentes formas, e com toda a categoria de jogo possível. Recentemente, por exemplo, o lançamento do Playstation 5 movimentou o mercado pela qualidade gráfica dos novos jogos, a interatividade do novo controle e também pela grande procura pelo console nas lojas, que vendeu mais 3 milhões de unidades até o final de 2020. Os cassinos online também ganham algum destaque, principalmente pela popularidade como plataforma virtual. Os sites mais populares desse estilo oferecem diferentes jogos de mesa de cassino gratuitos, como o blackjack, o pôquer e a roleta, com temáticas diferenciadas e uma funcionalidade que usa até mesmo o streaming para criar um ambiente de cassino em tempo real. Essa mesma tecnologia é conhecida por ser usada também pelo Google Stadia, que é o videogame virtual da gigante norte-americana.

Assim, o mercado dos games se mostra diverso e cada vez mais promissor, com os fãs acompanhando de perto todas as novidades. Por exemplo, no campo dos eSports, o ano de 2021 promete muita mudança pela frente. Desde o jogo de ação Free Fire até o popular Pro Evolution Soccer, as competições de jogos eletrônicos devem ter um ano movimentado e com audiências tão boas como foi em 2020.

Outras novidades

Além de olhar para o mercado dos gamers, a Apple também pode trazer algumas novidades para outra tendência das tecnologias. Segundo alguns rumores, a empresa estaria cogitando aderir aos smartphones dobráveis. Apesar de ser algo ainda distante, é normal que a empresa dê atenção a um setor que foi criado recentemente, e que ganhou um investimento considerável da Samsung.

Entretanto, isso não passa de rumores, e é preciso esperar até o final do ano para saber alguma novidade. É difícil imaginar que a Apple lançaria algo ainda em 2021, mas os próximos meses podem ser usados para indicar um possível lançamento no futuro. A chegada da empresa no mercado de smartphones dobráveis seria uma consolidação destes aparelhos, que ainda são restritos para um pequeno nicho de fãs de tecnologia.

Este ano promete ser agitado para a Apple, assim como foi no ano passado. O lançamento do chip M1 foi considerado um sucesso, e a ideia agora é ampliar o potencial dessa nova tecnologia. Fazer isso dando maior atenção para os gamers parece o caminho mais correto para garantir que o próximo MacBook Pro agrade todos os públicos.