Gabigol, do Flamengo, é flagrado pela polícia em evento com mais de 200 pessoas em cassino clandestino

Foto: Divulgação/Polícia Civil



O atacante Gabigol, do Flamengo, foi flagrado pela polícia em um evento com mais de 200 pessoas na madrugada deste domingo (14) em um cassino clandestino, na Vila Olímpia, bairro da zona Sul de São Paulo.

A operação aconteceu por volta das 2h após denúncias de que haveria uma festa no local com aglomeração, isto em meio ao pior momento da pandemia de COVID-19 no Brasil e com vários estados e cidades adotando medidas rígidas de restrição de circulação justamente para evitar o contágio de mais pessoas, caso do estado paulista.

Tanto o jogador como vários outros dos presentes, entre eles o MC Gui, foram encaminhados até à Delegacia de Crime contra a Saúde Pública, na região central da capital paulista, para prestar esclarecimentos e então liberados.

Gabriel Barbosa Almeida, o Gabigol, tem 24 anos e está de férias após o Flamengo ter conquistado o Campeonato Brasileiro de 2020 no fim de fevereiro. Ele e outros dos principais jogadores do clube carioca têm a reapresentação marcada para esta segunda-feira (15).

Um dos envolvidos da polícia na ação falou à GloboNews e disse que funcionários e responsável pelo cassino clandestino podem até ter que responder por crime contra a saúde pública e jogo de azar.

“… Alguns foram encaminhados já para prestar esclarecimento aqui na delegacia e os funcionários e o responsável pelo local também devem responder por crime contra a saúde pública e jogo de azar, contravenção. Os demais serão ouvidos posteriormente porque senão a gente causaria outra aglomeração aqui”, afirmou o delegado de polícia e supervisor do GARRA (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos)/DEIC, Eduardo Brotero.

A operação teve o trabalho conjunto de agentes da Vigilância Sanitária, Procon-SP e Polícias Militar e Civil.


ESPN.com.br