Fracassa mais uma rodada de negociação da greve dos Correios. Ouça:



Após mais uma assembleia sem resultados positivos, realizada nesta sexta-feira, (13), em João Pessoa, trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos-ECT, decidiram manter a greve da categoria por tempo indeterminado.

Sem acordo na audiência realizada no Tribunal Superior do Trabalho (TST), os sindicatos da categoria decidiram continuar de braços cruzados até a próxima terça-feira (17), quando uma nova assembleia está marcada.

De acordo com Danilo Perônico, representante do Sindicatos dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos-SINTECT-PB, a pauta de reivindicação da categoria inclui a manutenção de direitos trabalhistas e sociais no Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2019/2020 e reajustes salariais.

Segundo ele, os trabalhadores pedem a reposição da inflação, em pouco mais de 3,2%, correspondente ao período Agosto/2018 a julho/2019, mas a empresa vem oferecendo um reajuste de 0,8% desde que o início do movimento grevista.

Em Patos, os trabalhadores dos correios aderiram 100% ao movimento grevista e continuam com os serviços parados em todo o município e em mais de 80 agências de todo o sertão. O sindicalista Danilo Perônico comentou mais uma audiência sem resultado positivo. Ouça:

Danilo Perônico-Representante do SINTECT-PB

Patosonline.com