GeraisRodrigo César Limeira

Físico Rodrigo Cézar cita alguns motivos para as pessoas usarem o filtro de linha. Vídeo

ÓTICAS GUIMARÃES

Filtro de linha, também conhecido popularmente como régua de tomada, é um dispositivo elétrico que permite conectar vários eletroeletrônicos ao mesmo tempo numa tomada.

É considerado bem mais seguro que o Benjamim ou T de tomada, pois dentre outras coisas, possui um fusível interno que protege os aparelhos elétricos ligados no filtro de linha, dos picos de corrente elétrica que poderiam queimar esses aparelhos.

Assim quando a corrente elétrica sobe muito, o fusível queima e impede que a alta corrente chegue até os eletroeletrônicos. Sendo um filtro de linha com fio grosso, a resistência à passagem da corrente elétrica é pequena, com isso as chances de incêndio são bem menores que no próprio Benjamim ou até mesmo que alguns tipos de extensão elétrica.

Sendo um filtro de linha com seis entradas, o ideal para garantir mais segurança no uso do dispositivo, é conectar apenas três eletroeletrônicos ao mesmo tempo, e que sejam de preferência pouco potentes, ou seja, eletroeletrônicos que consomem pouca energia elétrica como: aparelho de som, rádio, televisão, aparelho de DVD, receptor de antena parabólica, liquidificador, roteador, ventilador pequeno, espremedor de frutas e etc..

Mesmo os fabricantes afirmando que podem ser conectados no filtro de linha, eletroeletrônicos potentes como o forno elétrico, microondas, secador, secadora e etc.. a indicação do físico especialista em eficiência energética, Rodrigo Cézar, é de usar aparelhos pouco potentes, para garantir máxima segurança no uso do filtro de linha. Mais uma vez, o conselho do estudioso é que as pessoas optem por adquirir equipamentos elétricos apenas em lojas especializadas em materiais elétricos, ou em lojas de materiais de construção, pois nesses locais os produtos comercializados são fabricados dentro do padrões de qualidade.

Portal Ciência em Foco


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo