Fim da trégua: Duas mulheres são assassinadas em Patos



Depois de vários dias sem registro de assassinato na cidade de Patos a paz foi quebrada neste sábado e domingo, dias 21 e 22, respectivamente. Duas mulheres foram assassinadas em menos de 10 horas em locais distintos da cidade. O primeiro caso aconteceu por trás do Moinho Patoense, na localidade conhecida como “Baixo Meretrício”.

A primeira vítima foi identificada como sendo Aucerlânia Rodrigues Gomes, 45 anos. Ao chegar ao local do assassinato, que teria ocorrido por volta das 19:00 h,  a Polícia Militar ainda encontrou a vítima com vida. Aucerlânia foi assassinada com disparos de arma de fogo. A Polícia Militar acionou o SAMU que levou a vítima ainda com vida para o Hospital Regional de Patos, mas essa não resistiu aos ferimentos, vindo a falecer momentos depois do fato. Aucerlânia chegou a balbuciar algumas palavras com relação ao crime e a Polícia está em investigação para apurar às poucas informações repassadas.

O segundo assassinato aconteceu nas proximidades da Estação Ferroviária de Patos, por volta das 04:00 h. na madrugada deste domingo, precisamente na “Praça dos Pombos”, local já bastante suspeito pela prática de ponto de prostituição e consumo de drogas. A vítima foi identificada como sendo Carla Ana Firmino da Silva, 17 anos, residente no Bairro do Matadouro, em Patos. Ana foi encontrada por um vigilante das imediações onde o fato ocorreu. Ao lado do corpo da vítima foi encontrado um cachimbo usado no consumo de crack.

O vigilante acionou a Polícia Militar e o caso está sendo apurado. A segunda vítima foi assassinada também por arma de fogo. A Polícia já tem uma linha de investigação para esse assassinato, mas não revelou para não comprometer as diligências.

Os dois assassinatos podem ter ligação já que as vítimas tinham envolvimento com prostituição. A cidade de Patos estava sem registro de assassinato já há alguns dias.

 

Jozivan Antero – patosonline.com