Farinha e Jatobá seguem sangrando e outros mananciais tem boa recarga. Confira os números;



Informações atualizadas pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba-AESA, e pela Companhia de Água e Esgotos da Paraíba-CAGEPA, apontam para uma nova recarga dos mananciais que abastecem Patos e região nos últimos dias.

De acordo com os números repassados a nossa produção pelo técnico João Batista, da Empaer, alguns mananciais permanecem sangrando, como é o caso da Barragem da Farinha e do Açude do Jatobá, enquanto os demais aumentaram ainda mais os seus quantitativos acumulados, garatindo segurança hídrica na região para o restante do ano.

O Açude de Coremas, maior manancial do estado, tem capacidade para mais de 744 milhões de metros cúbicos e registrou nesta quarta-feira, 27, o acumulado de 430.555.939 m³ d’água, o que corresponde a 57,85% de sua capacidade total.

Já a Barragem Mãe d’Água, que comporta mais de 545 milhões de metros cúbicos, chegou a 317.190.038 m³ d’água, o que equivalente a 58,28% de seu volume total.

Ainda segundo a AESA e a CAGEPA, a Barragem de Capoeira chegou a 40.887.114 m³ e alcançou 76,50% de sua capacidade máxima de 53.450.000 metros cúbicos.

A Barragem da Farinha tem capacidade máxima para 25.738.000 m³ e está sangrando com um acréscimo de 2,92% ao seu volume, chegando atualmente a 26.489.880 metros cúbicos de água, enquanto o Açude do Jatobá, que voltou a sangrar essa semana, comporta 17.516.000 de metros cúbicos e registra uma sangria de 1,46% acima de sua capacidade máxima, totalizando o volume de 17.771.737 metros cúbicos d’água.

Por Genival Junior – Patosonline.com