Familiares de mulher vítima da covid-19 em Patos desabafa: “O mais difícil é não poder se despedir”



Os familiares da senhora Elisângela Gomes da Silva, mais conhecida por Lili, de 44 anos, residente na Rua Vereador Né Marinho, no Belo Horizonte, em Patos, que faleceu na manhã deste sábado, 13 de março, no Complexo Hospitalar Patoense, onde estava internada há seis dias acometida pela Covid-19, entraram em contato com a redação do Patosonline.com para pedir que nossa equipe noticiasse o fato e levasse aos nossos internautas um desabafo dos mesmos.

Elisângela Gomes foi sepultada na tarde deste sábado no Cemitério Santo Antônio, bairro Monte Castelo, setor Sul de Patos, e família fez um desabafo: “O mais difícil é não poder se despedir, infelizmente o enterro pelo falecimento do covid-19 se torna mais doloroso e indigno”.

A família pediu para que todos tomem cuidado, pois a referida doença é extremamente perigosa.

Elisângela deixou três filhos: Brenda, Roberta e Rodrigo e segundo elas era uma mãe muito amorosa.

Patosonline.com