Família que procurou Patosonline.com cobrando atendimento para gestante na Maternidade de Patos informa que parto foi realizado



A Redação do Patosonline.com recebeu na tarde deste sábado, 06 de julho, o contato de uma família preocupada com a situação da senhora Maria Eduarda Martins Rosa, residente a Rua Projetada, 12, bairro Vila Teimosa, aqui em Patos.

Veja o relato da notícia:

Uma senhora que não quis se identificar entrou em contato com o Patosonline.com para denunciar uma situação de mal atendimento na Maternidade Peregrino Filho de Patos, com a paciente Maria Eduarda Martins Rosa, fato ocorrido no dia 29 de maio.

Segundo a denunciante, a paciente que é residente a Rua Projetada, 12, bairro Vila Teimosa, foi atendida inicialmente no Centro de Especialidades Frei Damião pelo médico Rui Nóbrega de Pontes e constatou alteração no líquido, e encaminhou a paciente para a maternidade.

Ainda segundo o relato, a mulher apresentou o laudo médico na Maternidade para o Dr. Gilberto, e ouviu que ela não estava com 40 semanas de gestação, sendo encaminhada para casa.

No entanto a paciente que está com 41 semanas, retornou no dia 1 de maio perdendo líquido e foi novamente mandada de volta pra casa, recebendo a informação de que o seu estado clínico apresentava normalidade. Ela já tem um histórico de complicações com a sua primeira gravidez, que resultou num internamento de mais de um mês de criança devido a complicações no parto.

O Patosonline.com procurou o diretor da Maternidade Peregrino Filho Umberto Marinho Junior, para saber as razões do procedimento, e ele justificou que a internação só ocorre quando o trabalho de parto franco já está iniciado, fato que não ocorreu no caso em destaque.

“É preciso realmente entender a situação (cada caso é um caso) e deixar claro que a conduta médica será sempre respeitada, assim como o profissional tem responsabilidade pela conduta que adotou”, explicou Umberto Marinho.

O diretor ressaltou que a Maternidade tem o selo da Unicef de Hospital Amigo da Criança, e que se em algum momento fosse constatado algum tipo de risco para a mãe ou para a criança, a gestação seria interrompida.

CONCLUSÃO:

No início da noite de hoje (06), a nossa redação foi informada pela família que o parto cesariana foi realizado de Maria Eduarda foi realizado por volta das 17h00m (cinco da tarde), transcorrendo tudo em paz, sendo que a mãe e a criança passam bem.

Fica aqui nossos agradecimentos em nome da família a Direção da Maternidade e toda equipe de profissionais envolvidos nessa ação.

Patosonline.com

Foto meramente ilustrativa – Google

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com