• Dra Milena
Locais

Família divulga informações sobre velório e sepultamento do músico Derréis. Confira

Derréis faleceu por volta das 14h37min da tarde desta quinta-feira (21), no Complexo Hospitalar Regional de Patos, após cerca de 15 dias internado com problemas pulmonares

ÓTICAS GUIMARÃES

O corpo do músico Luís Alves de Oliveira, de 83 anos, conhecido popularmente como “Derréis”, está sendo velado no Centro de Cultura Amaury de Carvalho, que fica localizado ao lado da Praça Edvaldo Motta (Praça do CEPA), no Centro de Patos.

A família informou que o sepultamento está marcado para acontecer às 16h00min desta sexta-feira, dia 22 de julho, no Cemitério São Miguel, localizado no bairro Belo Horizonte, em Patos.

Derréis faleceu por volta das 14h37min da tarde desta quinta-feira (21), no Complexo Hospitalar Regional de Patos, após cerca de 15 dias internado com problemas pulmonares. A direção do Hospital emitiu uma nota informando as causas da morte. Confira abaixo:

O Serviço Social do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC) informa que o Sr. Luís Alves de Oliveira, 83 anos, nascido em 05 de Junho de 1939, mais conhecido em Patos como “Derréis”, e que estava internado na unidade desde o último dia 06, faleceu às 14h37, desta quinta-feira (21), de Choque Cardiogênico, Fibrilação Atrial, Síndrome Respiratória Aguda Grave, Sepse do Foco Pulmonar e DPOC, conforme atesta Certidão de Óbito.
O músico “Derréis” já chegou ao hospital vindo da UPA Dr. Otávio Pires de Lacerda (UPA do Bivar) bastante debilitado. Embora tenham sido empregados todos os esforços e meios para recuperação da saúde do paciente, o quadro se agravou nos últimos dias, culminando com seu falecimento nesta quinta-feira, 21 de julho. Aos familiares e amigos do músico, nossas condolências.

Problemas de Saúde

Derréis deu entrada na UPA do Campo da Liga no último dia 04 de julho, com um estado de saúde considerado grave, e na tarde da quarta-feira (06) foi transferido para a UTI do Complexo Hospitalar Regional de Patos.

Uma tomografia computadorizada do tórax que foi realizada ainda na segunda, apresentou um quadro de enfisema pulmonar, pneumonia e comprometimento avançado dos pulmões, além de vários outros problemas.

Na semana passada, Derréis chegou a apresentar uma melhora, sendo inclusive extubado, mas na manhã do último sábado (16), de acordo com boletim do hospital, voltou a ser intubado novamente.

Em suas redes sociais, o prefeito Nabor Wanderley lamentou a perda desta grande figura da cultura popular de nossa cidade:

Nosso querido DERRÉIS nos deixou hoje pra ir morar no Céu

DERRÉIS era um artista inigualável, começou a trabalhar muito jovem, ganhou o carinho simpósios, aprendeu muito com a vida um pouco sofrida, mas sempre sorria e encantava os amigos com o tocar do seu pandeiro e suas histórias.

Meus pêsames a toda família e amigos. Obrigado DERRÉIS por sua dedicação e colaboração com a cultura da nossa cidade. Que Deus te guarde em um bom lugar, amigo. 

Veja também: Cultura Patoense de luto: morre aos 83 anos o músico Derréis, figura icônica da cidade de Patos

Matéria por Patosonline.com


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo