Policial

Exclusivo: últimas informações sobre crime de pombalense em Minas Gerais

ÓTICAS GUIMARÃES

O corpo de Riceli Ferreira da Silva, 26 anos, foi encontrado às 7h da manhã de ontem, quinta-feira (29), em uma casa em construção próximo a saída leste da cidade de Araporã em Minas Gerais.

Segundo uma testemunha, ao chegar como de costume para trabalhar, deparou-se com uma pessoa caída dentro do canteiro de obras.

Rapidamente ao constatar que a mesma estava sem vida, acionou as autoridades policiais.

Quando a polícia chegou ao local, foi possível verificar que se tratava de um homicídio. Após isolar o local, acionaram a polícia técnica científica que veio de Araguari.

Os peritos encontraram o corpo barriga voltada para baixo,  com a boca amordaçada e com um saco preto parecido com os utilizados para recolhimento de lixo.""

Próximo aos pés uma vestimenta feminina, aparentemente uma mine calça de cor vermelha, além de um pedaço de fio telefônico provavelmente usado para enforcar a vítima. Ele trajava calça jeans e camiseta cor roxa e estava descalço.

No pescoço haviam marcas que evidenciaram  asfixia, além da fratura, esmagamento de parte da face e crânio, sendo que no tórax havia também sinais de espancamento.

Como não foram encontrados documentos para a identificação, após ser periciado, o corpo foi encaminhado ao Instituto Medico Legal (IML) da cidade de Araguari-MG .

A vítima era vendedor ambulante de cintos, carteira e sandálias, mercadorias que foram levadas pelos assassinos e posteriormente vendidas ou trocadas em uma boca de fumo, já que os suspeitos presos são usuários de droga.

Foram presas três pessoas, uma mulher e dois homens como possíveis autores, sendo que um terceiro está sendo procurado por ter receptado a mercadoria roubada. Parte do material foi recuperado.

A polícia ainda investiga se o caso trata-se de um latrocínio, o fato ainda não foi esclarecido.

Os nomes dos acusados foram solicitados pela redação do blog junto a autoridades de Araporã, no entanto  para não atrapalhar as investigações, não foram repassados.

 

 

Marcelino Neto – blogmarcelinoneto.blogspot.com


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo