Policial

Exame de DNA confirma que corpo encontrado no Açude do Jatobá, no mês de Junho, é do aposentado Severino Joaquim, de 90 anos, que estava desaparecido

ÓTICAS GUIMARÃES

Foi divulgado nesta segunda-feira, dia 21 e novembro, o resultado do exame de DNA do corpo encontrado em avançado estado de decomposição na região do Açude do Jatobá, mais precisamente no Sítio Ilha do Antero, município de São José do Bonfim, no último dia 22 de junho.

O exame foi realizado pelo laboratório de genética forense da Polícia Civil da Paraíba, e confirmou que o corpo era do idoso Francisco Severino Joaquim, de 90 anos, que estava desaparecido desde o dia 15 de junho.

O corpo foi encontrado por pescadores, que acionaram o Corpo de Bombeiros para fazer o resgate. O local era de difícil acesso e segundo a tenente Analice, as equipes de resgate precisaram se deslocar até a outra margem do açude, no sítio Jatobá II, já no município de Patos, tendo acesso ao corpo apenas por meio de embarcação.

Francisco Severino residia na Rua Tabelião Manoel Fernandes, bairro São Sebastião, aqui em Patos. O mesmo sofria de mal de Alzheimer. Na época, ele havia saído de casa, em sua bicicleta, com um caixote no bagageiro e uma bolsa rosa.

Deixa viúva a senhora Ginerina Franscica Firmino, de 82 anos, com quem teve 7 sete filhos, além de 3 filhos de um outro relacionamento, 21 netos e 4 bisnetos.

O corpo do aposentado se encontra no NUMOL de Cajazeiras, no Alto Sertão da Paraíba, aguardando os procedimentos legais para ser liberado para a família realizar o sepultamento.

Veja também – Corpo encontrado na noite desta quarta-feira (22) no Açude do Jatobá já estava em avançado estado de decomposição; vítima ainda não foi identificada

Patosonline.com

Com informações de Patos Verdade


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo