Ex-vereador de Catingueira Márcio de Zezé denuncia uso ilegal de seu nome no Auxílio Emergencial do governo e exige explicação da prefeitura



O ex-vereador de Catingueira Márcio de Zezé procurou a reportagem do Blog do Jordan Bezerra para denunciar que o seu nome está sendo utilizado indevidamente para adquirir recurso do Auxílio Emergencial do Governo Federal. Segundo Márcio, colocou o número do seu CPF para tentar se cadastrar no auxílio, mas consta no sistema que ele está como dependente de alguém na lista, sendo que ele não autorizou e não depende de ninguém neste caso.

“Hoje eu me surpreendi, pois eu já tinha feito o meu cadastro para tentar receber o auxílio emergencial do governo, e vinha acompanhando, mas hoje recebi a resposta que consta no sistema que eu estou como dependente de uma família. Eu não autorizei ninguém a fazer isso, não sei o porquê de fazerem isso”, afirmou Márcio.

O suplente de vereador disse que um rapaz usou o nome dele indevidamente, mas que não o autorizou para fazer o cadastro. Ele disse que fizeram isso para prejudicar a imagem dele por ele ser da oposição. 

“Alguém que recebe Bolsa Família em Catingueira está usando o meu nome como dependente dela. Eu nunca recebi dinheiro do Bolsa Família, apenas estão usando o meu nome. Quem fez isso quer me prejudicar. Cada dia se descobre uma coisa diferente no Bolsa Família de Catingueira. Vários nomes estão sendo usados nesse jogo político”, denunciou o ex-vereador. 

Segundo Márcio, procurou a prefeitura de Catingueira, mas não souberam responder a irregularidade. Exigiu uma explicação da gestão, porque não vai ficar prejudicado.

Catingueira já registrou em setembro de 2019, vários casos de escândalo com pessoas que não necessitam recebendo os recursos do Bolsa Família. Na época, o prefeito Dr.Odir Borges afirmou que faria uma auditoria para investigar as fraudes no sistema, mas ainda não foi divulgado nada do resultado da auditoria mesmo após 8 meses do escândalo.

O espaço do Blog fica aberto para prefeitura de Catingueira esclarecer a denúncia. 

Blog do Jordan