Ex-prefeito de Livramento é condenado a 17 anos de prisão



O ex-prefeito de município de Livramento, Flávio Antonio Chaves, foi condenado a mais de 17 anos de prisão e a perda dos direitos políticos por um período de cinco anos.


 


A sentença foi dada pelo juiz da Comarca de Taperoá, José Jackson Guimarães, que o condenou por crime de responsabilidade.


Entre as denúncias está a de contratação de motorista sem carteira de habilitação para dirigir veículo pertencente a um vereador da sua base aliada.


 


O ex-prefeito também foi sentenciado por ter efetuado pagamentos com recursos da Prefeitura Municipal de escola particular na Capital e tratamento de saúde da filha do seu chefe de gabinete, Jonas Leite Filho.


 


Flávio foi condenado ainda por não ter realizado nenhum processo licitatório durante o período em que administrou o município, de 1993 a 1996, causando um prejuízo superior a R$ 325 mil aos cofres públicos.