Mundo

EUA: policiais apontam armas para manifestantes e evacuam Congresso Americano

Após o Capitólio dos Estados Unidos ser invadido na tarde desta quarta-feira (6) por manifestantes que apoiam o presidente Donald Trump, um legislador confirmou à CNN que o plenário da Câmara está sendo evacuado.

Manifestantes, que invadiram o edifício do Capitólio, foram supostamente ouvidos batendo nas portas do andar da Câmara momentos antes do início da evacuação.

O Congresso americano, que estava em sessão para certificar a vitória de Joe Biden na eleição presidencial, entrou em recesso inesperadamente. A sessão não deve ser retomada.

Há um impasse armado na porta da frente da casa, e os policiais têm suas armas apontadas para alguém que está tentando chegar à porta da frente.

O vice-presidente Mike Pence, que presidia o evento, foi retirado. O plenário da Casa foi desocupado e os parlamentares receberam máscaras de gás para deixarem o prédio. Momentos antes, manifestantes teriam sido ouvidos batendo nas portas no andar da Câmara.

Trump criticou publicamente Mike Pence, por não ter atuado para impedir a sessão. Ele escreveu no Twitter que Pence “não teve a coragem de fazer o que deveria ter sido feito”.

Logo depois, ele pediu “paz” pela rede social. “Por favor, apoiem a polícia e a polícia do Capitólio. Eles estão verdadeiramente do lado do nosso país. Mantenham-se em paz!”, publicou.

Mais cedo, ele discursou para manifestantes a poucos quarteirões da Casa Branca e voltou a afirmar, sem provas, que a eleição foi fraudada. “Nós nunca desistiremos, nunca concederemos”, declarou. “Nós pararemos o roubo”. 

CNN Brasil

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close