Gerais

Estudantes recebem treinamento de primeiros socorros e instrutor deseja implantação da “Lei Lucas” na cidade de Patos

Antônio Lima, instrutor de urgência e emergência e que tem larga experiência no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), tem ministrado cursos de primeiros socorros para estudantes, professores, funcionários e demais trabalhadores por diversas escolas no sertão paraibano.

Nesta quarta-feira, dia 16, os estudantes da Escola Estadual Monsenhor Manuel Vieira (CEPA) receberam o curso de primeiros socorros. A atividade aconteceu na própria escola no auditório Gilda Freire e participaram dezenas de estudantes que interagiram e tiraram as principais dúvidas sobre primeiros socorros.

Antônio Lima, que também é técnico de enfermagem e bacharelando em enfermagem, vem lutando para que a “Lei Lucas” seja implantada na cidade de Patos e nas demais da região.  A Lei Federal 13.722/2018, mais conhecida por Lei Lucas, surgiu em decorrência da morte do estudante Lucas Begalli, de 10 anos, que morreu durante uma atividade escolar sendo vítima de engasgo.

A morte do garoto gerou grande repercussão, pois o óbito poderia ter sido evitado se professores e estudantes tivessem o mínimo de noção de primeiros socorros. Diante desse caso, a mãe do menino começou uma grande mobilização que culminou com a criação e sanção da lei, porém, ainda existem muitas limitações para sua implantação nas escolas. Em Patos, o Projeto de Lei está em mãos de um dos vereadores e Antônio Lima luta para que seja discutida e colocada em votação.

No treinamento oferecido nas escolas por Antônio, os estudantes aprendem a lidar com engasgo, realizar os procedimentos de massagem cardiopulmonar, auxiliar no socorro às vítimas, compreender noções de urgência e emergência, dentre outras dicas importantes de saúde. Antônio Lima tem realizado as atividades de forma gratuita.


Jozivan Antero – Patosonline.com




Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close