“Estou pedindo ajuda porque a situação está cada vez mais difícil aqui”, relata dona de casa na cidade de Patos



Morando com seus três filhos e o marido desempregado, a dona de casa Kaliane Maria de Araújo, 37 anos, residente na Rua Projetada, Bairro Novo Horizonte, por trás da Itaipava, em Patos, disse que está passando por dificuldades até para se alimentar com as crianças e o esposo.

Kaliane Maria tem três filhos, sendo dois adolescentes e uma criança especial. O marido, Raimundo Carlos, 31 anos, trabalha fazendo bicos como ajudante de pedreiro, mas está há vários meses sem conseguir renda fixa. A família tem sobrevivido com apenas R$ 258,00 do Bolsa Família.

Com o pouco recurso é pago aluguel da casa que custa R$ 150,00. O restante, R$ 108, são para despesas de água, luz, alimentação, remédios…a família também pede ajuda de familiares e amigos, porém, a própria comunidade é carente e passa por dificuldades semelhantes. O ex-marido de Kaliane paga R$ 100,00 de pensão da criança pequena.

“Fiz contato com você porque está cada vez mais difícil aqui. Estou pedindo ajuda! Meu filho mais velho está procurando emprego, mas é difícil. Recebo a Bolsa Família e R$ 100,00 de pensão do meu ex-marido, mas ainda não dá para quase nada. Não tenho vergonha de dizer que precisamos de ajuda”, relatou kaliane.

A dona de casa deixou o telefone de contato e disse que quem quiser pode ir à sua casa. Para maiores informações pode ligar (83) 9 9680 2101.


Jozivan Antero – Patosonline.com