Estado não paga conta e Saelpa corta energia do prédio da Polícia Militar em Água Branca



O Destacamento da Polícia Militar na cidade de Água Branca, está às escuras. O motivo seria uma dívida de R$ 4.698.000.00 (quatro mil seiscentos e noventa e oito reais), não paga pelo Governo do Estado, junto a Saelpa (empresa que distribui energia elétrica na Paraíba).

 

A dívida vem sendo rolada desde o ano passado (2006), e chegou o momento que a Saelpa afirmou que não pode mais esperar.

 

As informações foram repassadas pelo Cabo PM, Cesário. Segundo ele, a força foi cortada durante o dia de ontem (segunda-feira), e deste então o Destacamento da Polícia Militar de Água Branca está sem energia elétrica.

 

Marcos Oliveira