Esgoto irregular gera transtornos aos moradores do Bairro Geraldo Carvalho, em Patos



Mais uma vez, os moradores da Rua Wantuy de Sousa Martins, por trás da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), no Bairro Geraldo Carvalho, em Patos, estão enfrentando os transtornos gerados pelo esgoto despejado em fossa de um prédio que constantemente transborda e causa revolta.

Na manhã desta terça-feira, dia 09, os moradores prejudicados e que residem nas imediações do prédio fizeram um vídeo e enviaram para a redação do Patosonline.com para denunciar o descaso. No vídeo, o cidadão pede providencias as autoridades competentes e relatam que o dono do prédio não se manifesta.

A reportagem levou o caso ao conhecimento do Dr. Sílvio Alves Moreira, secretário de Meio Ambiente do Município de Patos. O secretário disse que vai enviar uma equipe de fiscalização e, provavelmente, o proprietário do prédio será notificado, terá um prazo para sanar o problema e deve encontrar uma forma de solucionar o caso permanentemente.

A cidade de Patos tem várias fossas, galerias e esgotos irregulares. Com menos de 10% de saneamento básico com rede de esgoto regular, o município vive uma calamidade pública com galerias de águas pluviais sendo usada como rede de esgoto e despejo de dejetos.

A equipe de manutenção de galerias da Secretaria de Infraestrutura do Município de Patos tem trabalhado ininterruptamente para atender demandas. Os serviços se multiplicam, principalmente nos períodos chuvosos.

A responsabilidade do tratamento de esgotos é da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (CAGEPA). A empresa estatal faz planos para sanear 100% a cidade de Patos, mas não se tem data estipulada e o caso segue sem solução.


Jozivan Antero – Patosonline.com