Equipe de fiscalização da Prefeitura de Patos interdita três estabelecimentos por descumprirem decreto



Desde a última terça-feira, dia 19 de maio, a Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde de Patos, juntamente com os outros órgãos da Prefeitura, como CEREST e Guarda Municipal, com o apoio da Polícia Militar, intensificou as fiscalizações no comércio local.

A intensificação ocorre em cumprimento às determinações ministeriais de acordo com os decretos em vigência no município.
Nesta quinta-feira, 21, a fiscalização interditou três estabelecimentos comerciais, sendo que a notificação e o relatório de interdição serão repassados para o Ministério Público Federal.

O Coordenador Geral da Vigilância Sanitária, João Paulo Lacerda, explicou que após as fiscalizações passarem pelo momento de conscientização, agora terão caráter de interdição, conforme os órgãos fiscalizadores.

“Há mais de um mês a gente vem fazendo um trabalho de conscientização, porém, diante da desobediência e do não cumprimento das orientações, a ideia dos órgãos ministeriais é que proceda-se  a partir de agora a interdição. Então, só no dia de hoje nós fizemos três interdições de estabelecimentos que não se enquadravam para funcionamento e estava com o funcionamento normal”, explicou.

Já com relação às fiscalizações em agências bancárias e casas lotéricas de Patos, o trabalho de fiscalização e orientação também tem sido realizado nesses locais, sendo que já houve oportunidade em que agências tiveram seus horários de funcionamento suspensos devido à falta de contribuição por parte dos clientes.
“Nós já notificamos os bancos, inclusive a notificação já foi repassada para o Ministério Público Federal que vai se encarregar que notificar a superintendência dos bancos”, afirmou João Paulo.

O Coordenador ainda destacou que o serviço de fiscalização é diário e lamentou a falta de compreensão por parte da população, uma vez que a equipe composta pela Vigilância Sanitária, CEREST, Guarda Municipal e Polícia Militar faz a orientação e o ordenamento de filas,  mas, logo após a saída da equipe, a organização é desfeita.

Em caso de descumprimento dos decretos, a denúncia pode ser feita para o número 83 9 8713 0561.

Coordecom




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.