Entrega de prédio da STtrans para Justiça Federal revolta funcionários do órgão em Patos



A sinalização do prefeito interino do Município de Patos, Dr. Ivanes Lacerda (MDB), em repassar o prédio onde funciona a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STtrans) para a Justiça Federal causou revolta e insatisfação nos funcionários do órgão. Na noite desta quarta-feira, dia 13, aos Agentes de Trânsito João Paulo que preside o SINATRAN/PB e Antônio Coelho, coordenador do Núcleo de Educação no Trânsito concederam entrevista no Programa Polêmica.

A decisão do prefeito interino aconteceu após reunião com representantes da Vara Federal e da Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção Patos (OAB/Patos) sobre a necessidade da Prefeitura Municipal de Patos colaborar com prédio para a Vara da Justiça Federal funcionar em Patos.

Falando em nome dos funcionários da STtrans, o presidente do Sindicato Intermunicipal dos Agentes de Trânsito da Paraíba (SINATRAN-PB), João Paulo, e o Agente Antônio Coelho, atual coordenador de Educação no Trânsito, disseram que o prefeito interino não levou em conta vários fatores e nem consultou o superintendente Jeferson Melquíades e ninguém sobre a decisão.

De acordo com informações repassadas aos funcionários da STtrans, o órgão iria se instalar no antigo prédio do 4º Batalhão do Bombeiro Militar (4º BBM), que funcionava na Rua do Prado, Bairro Liberdade, e a sede da STtrans, que está na Rua Horácio Nóbrega, Bairro Belo Horizonte, seria entregue à Justiça Federal para sediar a Vara Federal que atualmente está em imóvel alugado na Rua Bossuet Wanderley, Bairro Brasília.

João Paulo tomou conhecimento da decisão do prefeito interino através do Instagram do presidente da OAB/Patos, Dr. Fred Igor. João Paulo relatou que na STtrans funcionam várias atividades e serviços que serão prejudicados caso a ação do prefeito se concretize. “Precisamos de uma estrutura igual ou melhor do que a gente tem hoje! Não podemos regredir. Não temos nada contra a Vara Federal, mas a discussão é outra”, disse o presidente do SINATRAN/PB. João Paulo também relatou que o prefeito interino não tem conhecimento da funcionalidade do órgão municipal de trânsito, pois não faz visita.

Antônio Coelho, que também é presidente da Associação Nacional dos Agentes de Trânsito do Brasil (AGT-Brasil), se disse surpreso com a atitude de Ivanes Lacerda. Coelho se mostrou indignado como a STtrans vem sendo tratada pelo interino. “O prefeito não podia ter feito uma barbaridade dessa”, comentou Coelho sobre a medida de entrega do prédio da STtrans a Vara Federal.


Jozivan Antero – Patosonline.com


WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com