Gerais

Energisa monta esquema especial para não faltar energia durante eleições na Paraíba

Monitoramento em tempo real reforça atendimento e evita ocorrências que prejudiquem fornecimento de energia para os mais de 1,7 mil locais de votação

ÓTICAS GUIMARÃES

A Energisa montou um plano especial de atuação para o primeiro turno das eleições, que ocorre neste domingo (2) em toda a Paraíba.

As ações de manutenção preventiva, a alocação de cerca de 500 profissionais e o monitoramento em tempo real reforçam o atendimento e evitam ocorrências que prejudiquem o fornecimento de energia para os mais de 1,7 mil locais de votação, distribuídos nos 223 municípios do estado.

De acordo com dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), este ano, mais de 3 milhões de eleitores estão aptos a votar na Paraíba.

O gerente de Operações da Energisa Paraíba e Borborema, Felipe Costa, explicou que o plano iniciou há dois meses com a realização de vistorias prévias dos principais circuitos e equipamentos automatizados que atendem às sedes do TRE e seções eleitorais.

“Durante as manutenções preventivas realizamos, por exemplo, a substituição de componentes (como isoladores ou cabos) além de podas de árvores próximas à rede elétrica. Dessa forma, reduzimos o risco de alguma ocorrência”, detalhou Costa.

Outro ponto destacado é o efetivo de cerca de 500 profissionais, das diversas áreas da empresa, que estarão distribuídos em pontos estratégicos para atuar rapidamente no atendimento e suporte a eventuais ocorrências.

Segundo a empresa, tudo será monitorado em tempo real no Centro de Operações Integrado da Energisa, que vai manter canal direto com as equipes de campo, bases operacionais, atendimento, além de profissionais de suporte que atuarão remotamente.

“Outro aspecto importante é a integração com o Tribunal Regional Eleitoral, estamos em contato permanente com o TRE e no dia das eleições teremos equipes de plantão para atendimento exclusivo ao tribunal”, reforça Costa. 

“Do Centro de Operações temos uma visão geral do sistema elétrico do estado e uma equipe especializada para direcionar da melhor forma os recursos. Até mesmo o clima será monitorado em tempo real para ajustarmos a estratégia de atuação se for necessário”, afirmou.  

Fonte: Portal Correio


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo