Encerramento da campanha “O ano termina, mas a vida continua”, ano II, é encerrada com uma simulação de acidente



A Superintendência de Trânsito e Transporte de Patos, através do seu Núcleo de Educação Para o Trânsito, encerrou, junto com todos os órgãos de saúde e segurança pública do trânsito, a campanha “O ano termina, mas a vida continua”, ano II.

A campanha foi aberta no último dia 16 de dezembro e encerrou-se na manhã desta segunda-feira (23), com uma caminhada com saída da praça Edvaldo Mota e encerrando com uma simulação de um acidente de trânsito, na Rua Bossuet Wanderley, no centro da cidade. 

Durante o período da campanha, vários órgãos de saúde e segurança pública do trânsito aderiram ao movimento, tais como: a STTRANS CIRETRAN, 4ª CPTRAN, CORPO DE BOMBEIROS, POLÍCIA RODOVIARIA FEDERAL, SAMU, COMPLEXO HOSPITALAR REGIONAL E HOSPITAL INFANTIL, com a finalidade de prevenir à população quanto aos acidentes de trânsito nesse período de fim de ano.

O Superintendente da STTRANS, Jefferson Melquíades, avaliou de forma positiva e agradeceu a todos pelo empenho e compromisso assumidos nas ações educativas realizadas por meio de entrevistas nos veículos de comunicação, blitzen educativas, distribuição de panfletos nos bares e na realização de uma audiência pública.

“Esse ano tivemos a participação de mais órgão de saúde e segurança no trânsito de nossa cidade, nós sabemos que neste fim de ano tem muitas confraternizações e a mistura de bebida com direção não combina, a exemplo do ano passado que tivemos êxito nesta campanha, nada melhor do que repeti-la, pois no ano passado conseguimos uma redução de acidente de trânsito de 40%, tivemos uma programação diária e hoje fechando a nossa campanha com uma encenação no centro da cidade”, falou o Superintendente.

Já o Capitão Jackson Oliveira, comandante da 4ª CPTRAN, considerou a campanha um importante instrumento de advertência à sociedade quanto a questão da temática de acidentes no trânsito.

“O saldo foi positivo onde podemos demonstrar para a sociedade a força do trabalho integrado visando o bem comum da população na redução e prevenção de acidentes”, disse o Capitão Jackson Oliveira, comandante da 4ª CPTRAN

Também avaliou a campanha de forma positiva, a diretora do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro, Liliane Sena, que disse que ações integradas mostram a força dos resultados em defesa dos condutores de veículos.

“Desde o ano passado vários órgãos da saúde e do trânsito da nossa cidade se uniram em defesa, realmente, dos condutores de veículos, e o complexo hospitalar por ser referência no atendimento a essas vítimas de trauma tem números alarmantes de acidentes principalmente envolvendo motocicletas. Em 2019 de janeiro a novembro nós já atendemos mais de três mil acidentados e 90% desses números são acidentes envolvendo motocicletas. A campanha é importante porque envolve saúde e envolve trânsito e nós temos a oportunidade de conscientizar a população”, finalizou a diretora.

Este ano a campanha teve a participação direta da Polícia Rodoviária Federal.
“Hoje estamos chegando ao encerramento de uma campanha envolvendo todos os órgãos de saúde e fiscalização de trânsito  de forma integrada, hoje terminamos uma campanha com essa caminhada mostrando para a sociedade o envolvimento de todos os órgãos com essa  preocupação  que é a redução de acidentes, uma preocupação que é o dever da gente que trabalha com isso, mas é uma responsabilidade de todo cidadão que tem que entender que todos fazemos parte do trânsito e temos que zelar pela segurança do mesmo”, disse o PRF Hiroi.

O Superintendente Jefferson Melquíades da STTRANS disse que as ações irão ser continuadas durante todo ano, através do Núcleo de Educação, Fiscalização e engenharia do órgão.

FALA DO SUPERINTENDENTE JEFFERSON MELQUIADES DA STTRANS
FALA DE LILIANE SENA – DIRETORA DO COMPLEXO HOSPITALAR REGIONAL DE PATOS
FALA DO CAP JACKSON OLIVEIRA – COMANDANTE DA 4ª CPTRAN
FALA DO PRF – HIROI

Coordecom




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.