Empresas acusam Energisa de dificultar trâmites para instalação de energia solar na região de Patos



A análise que deveria ter em média 15 dias por parte da Concessionária de Energia Elétrica Energisa para que empresas de energia solar concluam a instalação  em residências e empresas está demorando mais de um mês. A denúncia vem sendo feita por empresas que realizam instalação de energia solar, mas que dependem da Energisa para finalizar os serviços.

Centenas de pessoas estão fazendo opções para instalação de energia solar em casas, empresas e lojas diante do valor pago pela energia elétrica. Muitas dessas pessoas contraíram empréstimos e financiamentos para que pudessem ter energia solar e amenizar os valores pagos na conta de energia, porém, muitos estão pagando o valor do empréstimo e também a conta de energia com os mesmos valores, pois se tem a instalação da energia solar, mas dependem de finalizações que só podem ser feitas pela Energisa.

As empresas de energia solar fazem a instalação dentro dos padrões exigidos por normas técnicas, pelas leis que regulamentam o serviço e por decretos vigentes que devem ser obedecidos pela própria Energisa com prazos distintos. A Energisa deve fazer análise do projeto, dar o parecer, fazer a vistoria e logo após realizar a troca de medidor específico da energia solar. Esse prazo deveria ser célere, pois as empresas de energia solar tem trabalhado dentro das exigências, mas não é, de acordo com denúncias, o que vem acontecendo.

A reportagem fez contato com a assessoria de comunicação da Energisa sobre a denúncia. A empresa disse que os clientes podem acompanhar a tramitação dos seus pedidos através do aplicativo da Energisa ou ligando 0800 083 196. A assessoria disse que os prazos dependem muito do tipo do serviço. Não foi comentado a questão da reclamação da demora para análise e finalização do processo de uso da energia solar.


Jozivan Antero – Patosonline.com