Em Santa Terezinha: Oposição ameaça vetar reajuste dos médicos. População pode ser prejudicada



A Câmara Municipal de Santa Terezinha Paraíba se ver mais uma vez em meio a uma polêmica. Segundo informações repassadas a nossa redação pelo vereador Salomão Cordeiro (PP), os vereadores da oposição (que estão em maioria) estão tentando inviabilizar a atua gestão. O grupo formado por cinco (5) vereadores da oposição, comandado pelos ex prefeitos Davi Cordeiro e José Afonso, estão tentado barrar o reajuste dos médicos que trabalham em Santa Terezinha.

Segundo Salomão, devido a grande demanda, os médicos que trabalham no município exigiram um reajuste salarial, concedido pelo prefeito Arimateia Camboim (PR), através de um Projeto de Lei enviado à Câmara Municipal. Só que o referido projeto, afirmou Salomão, recebeu uma emenda proveniente da vereadora Célia Cordeiro (PSDB) esposa do ex prefeito Davi, estendendo o reajuste aos demais servidores da saúde municipal.

Salomão declarou que referida emenda vai totalmente de encontro ao Regimento Interno da Casa, que em seu Artigo 80, Inciso I, não permite a apresentação de emendas que implique aumento de despesa previsto em Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo.

Para o vereador, a população corre o risco de perder dois dos melhores profissionais da medicina regional, por incoerência dos vereadores da oposição.

Sobre o reajuste para o Magistério, Salomão adiantou que a atual gestão já estudo tal aumento, e que deve ser retrativo ao mês de Janeiro. Já para os demais servidores, outro Projeto de Lei do Executivo já foi enviado à Câmara, concedendo reajuste a todos os servidores municipais, exceto secretário e Magistério.

Escute a entrevista com o vereador Salomão.