Em Santa Terezinha eleição passa e a violência fica: Vitoriosos são acusados de agredirem opositores. Caso precisou de reforço do 3º BPM



Uma grande confusão aconteceu na noite desta segunda-feira (3) na cidade de Santa Terezinha e o terceiro BPM de Patos precisou enviar reforço para conter os ânimos exaltados de eleitores eufóricos por política.

A Polícia Militar informou que tudo aconteceu por conta de provocações de quem ganhou e quem perdeu.

O atual prefeito do município José de Arimatéia Nunes Camboim (PSB) foi derrotado pela então opositora ao seu governo Terezinha Lúcia Alves de Oliveira, Terezinha de Zé Afonso (PSDB) como é mais conhecida com 2.371 votos (54,81%) contra 1.955 de Arimatéia Camboim (45,19%).

No prosseguimento das comemorações aconteceu confronto, via de fatos e muita gente saiu ferida na confusão. Segundo a PM houve uma suposta tentativa de invasão a residência do atual prefeito o que teria provocado à ira dos seus seguidores.

Depois de controlar os ânimos do povo os policiais que estavam em reforço levaram muita gente para delegacia a fim de apaziguar a situação, porém o fato é que até idoso e uma mulher foram agredidos fisicamente, como é o caso desse senhor na foto e da senhora que está ferida, deitada no chão.  A mulher chegou a desmaiar. Segundo informações partidários da coligação vitoriosa também saíram feridos. 

A informação de que parte do patrimônio público está sendo depredado. Lâmpadas da praça central foram quebradas. Um fato que também repercutiu nas redes sociais foi que a estátua do pai do prefeito, Poeta Odilon Nunes, foi hostilizada, e alguns eleitores mais eufóricos prometeram quebrá-la.

Alguns funcionários relataram em redes sociais que estão sendo ameaçados e estão com medo de irem trabalhar.

 

Patosonline com informações do Portal Patos