Em Patos: Promotor de Justiça diz que decreto municipal está em desacordo com o decreto emitido pelo governo da Paraíba



O promotor de Justiça do Ministério Público, Uirassú Medeiros, comentou com o jornalismo da Rádio Universidade FM 105,1, a recomendação dos órgãos de fiscalização, que recomendaram o município de Patos a não flexibilizar o retorno de Shoppings e do comércio varejista a partir do início deste mês de julho.

Uirassú Medeiros explicou que a recomendação dos ministérios públicos da Paraíba, Federal e do Trabalho, se deu por conta do decreto 35/2020 emitido pelo prefeito interino Ivanes Lacerda, (Republicanos), está em desacordo com o decreto estadual 40.304 do plano Novo Normal do Governo da Paraíba.

Ele acrescentou que a retomada gradual dos setores produtivos precisam lavar em consideração critérios como a taxa de obediência ao isolamento domiciliar, a taxa de progressão de casos novos, a taxa de letalidade e a taxa de ocupação hospitalar.

Uirassú Medeiros considerou que Patos está na bandeira de classificação laranja, e disse que a retomada gradual dos setores produtivos precisa respeitar a classificação de bandeiras do governo da Paraíba, que servem de orientação para a retomada das atividades nos municípios da Paraíba. Ouça:

Por Genival Junior – Patosonline.com

Áudio da Rádio Universidade FM