Em Patos: Polícia Federal prende mulher de advogado detido na “Operação Cárcere”



Deverão ser liberadas neste dia 06.10.2007 (sábado), outras 13 (treze) pessoas das 27 (vinte e sete) que foram presas pela Polícia Federal na “Operação Cárcere” promovida pela Polícia Federal no dia 27.09.07, no sertão do estado da Paraíba.

 

Outras 13 (treze) já haviam sido liberadas pela justiça no dia 01.09.07, ao final do primeiro período da prisão temporária decretada pela 8º Vara Federal deste estado, por solicitação do próprio chefe das investigações, delegado Ricardo Trigueiro.  

 

Na Operação foram cumpridos 60 mandados judiciais, requeridos pela Polícia Federal, sendo 27 mandados de prisão temporária e 33 mandados de busca e apreensão. Nas citadas buscas, foram arrecadados e apreendidos materiais como: computadores, documentos relacionados aos crimes praticados pela quadrilha, agendas, seis armas de fogo, farta quantidade de munição de diversos calibres e cerca de R$ 3.000,00 (três mil reais).

 

Continuará preso, por ter sido decretada sua prisão preventiva, o senhor JOSÉ OSNI NUNES, 42 anos, advogado, mentor desta organização criminosa. Também foi presa na tarde de ontem (05.10.07), por decreto de prisão preventiva da mesma Vara Criminal Federal, já citada, a esposa de José Osni, senhora GLAUCIENE FERREIRA COSTA, 27 anos, residente e domiciliada na cidade de Catolé do Rocha/PB.

 

As investigações referentes a “Operação Cárcere” da Polícia Federal, continuam principalmente no que se refere a oitiva de pessoas e a análise e perícia dos documentos e equipamentos apreendidos.

 

Fonte: SCS/SR/DPF/PB