Em Patos: Polícia diz que tráfico de droga pode ter matado "Romarinho"



O corpo do jovem Romário da Silva Quirino, 15 anos, conhecido por Romarinho, foi localizado por populares na manhã desta terça-feira (03) no Rio Espinharas, nas proximidades da Ponte do Juá Doce, numa localidade de difícil acesso em adiantado estado de putrefação.

O reconhecimento foi feito através de uma tatuagem no corpo por alguns familiares da vítima que estiveram no local onde foi encontrado o cadáver. Segundo a polícia, por conta das condições em que se encontra o cadáver, a vítima provavelmente foi assassinada. O rosto do rapaz apresenta sinais de violência e está completamente desfigurado.

Romário da Silva é considerado reincidente e tem diversas passagens pela polícia. Já foi detido outra vez acusado de assalto a mão armada a um Posto de Gasolina. Segundo seus familiares ele estava desaparecido desde sexta passada dia 30 de dezembro.

A polícia já havia feito uma varredura no local a procura do corpo na noite do dia 30 de dezembro, porém devido às condições do local encerrou as buscas sem conseguir localizá-lo. Só na manhã desta terça é que as guarnições foram acionadas para se dirigirem até o local, pois algumas pessoas conseguiram encontrar o cadáver.

Muitos curiosos tentaram entrar no local para acompanhar o trabalho dos peritos. A imprensa foi impedida de se aproximar da localidade. Mais uma vez o trabalho jornalístico é censurado por alguns membros da Polícia Técnica.

Ouça a entrevista concedida pelo Aspirante Cascudo ao repórter Higo de Figueiredo (Rádio Espinharas FM)

 

"Romarinho

"romarinho2"

"romarinho3"

Texto e foto  Mário Frade – Portalpatos

Áudio – Higo de Figueiredo – Rádio Espinharas