Em Patos: Partidários de Cássio comemoram adiamente de julgamento



Logo após o anúncio do adiamento do julgamento dos embargos do governador Cássio Cunha Lima pelo TSE, os partidários do governador foram às ruas de Patos comemorar o fato.


Com menor intensidade relativa a outras menifestações, buzinaços, abitaços, fogos, pequenas carreatas e concentrações eram vistas em várias partes da cidade.


O pedido de vista do Ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Arnaldo Versiani, suspendeu o julgamento dos Embargos Declaratórios. Esse fato deverá dá no mínimo, mais dois meses de sobrevida ao governador Cássio no comando do estado, já que a Corte entrará em recesso neste final de semana, só retornando as suas atividades em fevereiro de 2009.


Entre aqueles mais eufóricos partidários dos Cunha Lima em Patos, já existe aqueles que apostam na permanência do governador no cargo até o final do mandato, que e encerra em 31 de dezembro de 2010.


Redação patosnline


Foto/Ilustração