Politica

Em Patos deputado Hugo Mota diz que não há manobra para prorrogar mandatos. “Seria inconstitucional”, diz ele. Escute

A informação divulgada semana passada por parte da imprensa dando conta que uma emenda do deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), que estabelece a simultaneidade nas eleições para todos os cargos majoritários, poderia ser resgatada pela Câmara Federal, anulando assim as eleições 2018, e consequentemente prorrogando os mandatos de deputados, governadores, senadores e do presidente da república, foi rechaçada pelo deputado federal Hugo Mota (PMDB).

Em entrevista ao jornalista Adilton Dias na última sexta-feira, dia 05 e maio, quando participava de uma audiência pública para discutir a reforma da previdência promovida pela Câmara Municipal de Patos, o deputado afirmou que essa informação seria inverídica, pois a prorrogação dos mandatos era inconstitucional.

Segundo Hugo Mota, a PEC do deputado Marcelo Castro será usada para agilizar a reforma polícia, porém será totalmente reformulada, e a parte da prorrogação de mandato excluída do texto.

Escute a entrevista com o deputado Hugo Mota.


 

Patosonline.com 

Áudio de Adilton Dias 

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close