Em menos de 24 horas 4 pessoas são mortas em Patos a tiros



Menos de 24 horas depois da polícia ter encontrado dois corpos em uma residência abandonada no bairro Monte Castelo, mais dois jovens foram mortos em Patos.

Os dois corpos encontrados na manhã de ontem (sexta-feira), foram identificados como sendo: Juciano Barbosa da Silva, 30 anos, e Vanderson do Nascimento Nunes, 17 anos.     

Já nas primeiras horas de hoje (sábado), mas duas pessoas foram mortas, também abatias a tiros. O primeiro homicídio foi registrado às 00h30m, na Rua Tabelião Manuel Fernandes, bairro São Sebastião, deixando como vítima fatal, Joelson Ferreira d Silva, desocupado, que residia na mesma rua onde foi morto.

Segundo informações da polícia, a vítima estava em frente à própria residência, quando dois homens desconhecidos chegaram e efetuaram vários disparos de arma de fogo contra Joelson. O mesmo foi socorrido por uma viatura do SAMU para o Hospital Regional de Patos, onde faleceu por volta das 02h30m.

Meia hora depois do primeiro, ocorreu o segundo assassinato de hoje. Desta vez no Espetinho do Raniere, localizado na Rua Horácio Nóbrega, deixando como vítima, Cícero Soares Martins, vulgo “Neguinho de Zequinha”.

Ele foi morto com três tiros de arma de fogo, disparados contra sua cabeça, por um homem até o momento não identificado pela polícia.

Neguinho de Zequinha ainda chegou a ser socorrido para o hospital de Patos, mas acabou morrendo durante a madrugada.

A população de Patos está assustada com a onda de assassinatos. Durante essa semana, foram várias mortes, tentativas de assassinatos e corpos encontrados com sinais de violência em Patos. Às autoridades ainda não explicaram o motivo da explosão de violência em Patos, até então, considerada uma cidade pacata.

Marcos Oliveira