• Dra Milena
Gerais

Em meio a suspensão do piso salarial, profissionais de enfermagem seguem com mobilizações e não descartam greve na Paraíba

Até o momento a votação está em 5 a 2 na Corte. Discussão inicial partiu do ministro Luís Roberto Barroso, após pedido de entidades privadas da área.

ÓTICAS GUIMARÃES

Após o início do julgamento da decisão do ministro Barroso no Supremo Tribunal Federal (STF) que culminou com a suspensão do piso salarial de enfermagem, os profissionais de enfermagem deverão continuar realizando manifestações contra a ação. Segundo as entidades representativas da área, a classe lutará pela retomada da aplicação do piso e não estão descartadas greves. Até o momento a votação está em 5 a 2 na Corte.

Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da rádio Arapuan FM, a presidente do Coren (Conselho Regional de Enfermagem) da Paraíba, Rayra Beserra declarou que enquanto não houver o piso válido novamente, haverá manifestações.

“Enquanto nós não tivemos nosso piso válido novamente estaremos nos manifestando e fazendo com que a força da enfermagem seja vista, porque nós somos muito grande, nós conseguimos grandes coisas”, disse. A presidente do Coren-PB ressaltou que a classe não pode perder o piso, pois ele é constitucional. 

Fonte: ClickPB


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo