ColunistasMarcos Oliveira

Em época de divisão política no Brasil, deixe viver o Cristo que existe dentro de você. Não faça o sofrimento dele ter sido em vão

É um momento propício para se analisar a paixão e morte de Jesus Cristo, há pouco mais de dois mil anos no Oriente Médio. Um ser que “gravou” na mente de muitos com a sua própria vida, uma nova maneira de viver e enxergar o outro.

Jesus, como é conhecido pela maioria, abriu um novo caminho em meio a disputa, ódio, mentiras, rancor e outros sentimentos negativos. Ele foi capaz de viver e ensinar, mesmo em meio aos piores sentimentos que o coração humano pode gerar; o mais nobre dos sentimentos: o amor.              

Com sua própria vida ele plantou a semente de uma nova humanidade, e ascendeu em meio a escuridão uma luz entre nós capaz de influenciar e mudar, quem dela se aproxime.

Essa luz já abriu vários caminhos e mudou a vida de muitos, embora alguns poucos queiram a privatizar e se “apoderar” de sua capacidade magnífica.

Mas, se você é cristão, se diz seguidor de Jesus, se emociona e fica maravilhado com seus ensinamentos, vão agora as perguntas: Você está realmente deixando viver o Cristo dentro de você? Todos os ensinamentos de Jesus estão, de fato, encontrando espaço no seu ser?

Veja o vídeo abaixo com meu comentário, e se desejar opine nos comentários.

Boa Páscoa.

Marcos Oliveira.              

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close