• Dra Milena
Politica

Em entrevista de Rádio, Germana Wanderley critica administração pública e cobra dignidade para o povo

ÓTICAS GUIMARÃES

A candidata a deputada estadual, Germana Wanderley (Solidariedade) foi sabatinada na Rádio Universidade FM de Patos pelos jornalistas Eduardo Rabelo e Genival Júnior, na manhã desta sexta-feira (12). Em meia hora de entrevista, Germana defendeu a melhoria dos serviços públicos para a população, criticou a forma como os gestores municipal e estadual tratam os servidores e cobrou dignidade para a população sertaneja através de mandatos voltados para às necessidades do povo sertanejo.

“Queremos ver Patos funcionar e quando aquelas fitas forem cortadas, que o posto de saúde venha a funcionar e a ter médico. E, uma vez atendido, o paciente quando chegar na farmácia básica, o remédio esteja lá e que não precise ter ‘cota’ de vereador A, B ou C para quando chegar no [Centro de especialidades] Frei Damião, ser atendido”, ressaltou a candidata.

A candidata cobrou, ainda, mais atenção por parte do governo do estado às demandas da população do Sertão do estado.

“Todo político tem o dever de ter a capacidade de dialogar e respeitar. Um governador tem que entender que quando um deputado bate a porta, no caso de Dr. Érico, ele representa 20 mil paraibanos. Dr. Érico foi majoritário na cidade de Patos onde ficou demonstrado que a maior força vem do povo, não vem dos detentores do poder. As pessoas são inteligentes e eu acredito nas pessoas”, pontuou.

Germana enalteceu, também, o mandato popular do seu esposo, o deputado estadual Dr. Érico Djan, esclarecendo que sua decisão de não se candidatar novamente reflete seu desapego ao poder e a necessidade que ele sente de voltar a poder atuar na medicina e, assim sendo, está mais próximo das pessoas.

ASSESSORIA


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo