Em entrevista à Rádio Arapuan, Dr. Érico defende Hospital de Trauma no Sertão da Paraíba



Na oportunidade, o Parlamentar avaliou o cenário político na Paraíba e destacou ações da Comissão da Saúde

Na tarde dessa quarta-feira, dia 04/03, o Deputado Dr. Érico (Cidadania) concedeu uma entrevista ao Programa “Arapuan Verdade”, da Arapuan FM, apresentado pelos jornalistas Gutemberg Cardoso, Clilson Junior e Luis Torres. Na ocasião, o parlamentar repercutiu a sua decisão de desligar-se do G11, as ações empreendidas na Comissão de saúde da Assembléia Legislativa, bem como reiterou a importância do Hospital de Trauma no Sertão.

Dr. Érico ponderou o caráter representativo do G11 e sua relevância nos debates propostos no Parlamento, mas alegou questões pessoais em adotar uma postura mais autônoma e indepente. “Estou focado em novos projetos e buscando resolutividade para demandas de nossa região. Sempre estou à disposição para construir pontes e preservar o diálogo na Casa de Epitácio Pessoa”, afirmou.

A pretexto das atividades desenvolvidas à frente da Comissão de saúde, Dr. Érico frisou o acompanhamento in loco dos hospitais e clínicas, “Desde o início de nossa presidência, estamos mantendo um contato permanente com os profissionais de saúde, usuários e a comunidade, com o intuito de aprimorarmos a execução de consultas e cirurgias”, completou.

Acerca das ações de saúde, o Deputado ainda defendeu a necessidade do Hospital de Trauma do Sertão, com o objetivo de atender a uma centena de munícipes que precisam deslocar-se a Campina Grande e João Pessoa para um atendimento clínico especializado, “É uma bandeira que carregamos em nossa Comissão e que tem norteado nossas atenções. o Hospital de Trauma em Patos irá transformar o sistema de saúde de nosso Estado, tornando-o mais inclusivo, justo e qualificado”, finalizou.

ASSESSORIA – DR. ÉRICO




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.